Como abrir uma franquia: veja esse passo a passo! - Saffi

O sistema de franquias é um negócio que atrai o interesse de diversos empreendedores que estão em busca de um negócio com menos riscos. Nesse ramo, encontramos desde empresários inexperientes que desejam abrir uma franquia, até aqueles com anos de mercado e que decidiram tornar suas empresas franqueadoras.

Como qualquer outro negócio, o sistema de franquias tem suas particularidades, vantagens e desvantagens. Para avaliar as vantagens de dar início a um negócio como esse, é necessário conhecer o ramo e estar por dentro das suas características, avaliando a viabilidade dentro de sua realidade.

Neste artigo, você vai conhecer algumas dicas que vão ajudá-lo a entender melhor o sistema de franquias, a legislação aplicável e outros passos importantes para compreender as vantagens e desvantagens desse negócio. 

Quer saber mais? Continue a leitura deste post e descubra!

Conheça o sistema de franquias

O primeiro passo para quem deseja abrir uma franquia é conhecer o sistema e o seu funcionamento. Nesse momento, você vai entender até que ponto o seu negócio pode crescer e vai descobrir se o seu perfil profissional se identifica com o de um franqueado.

Esse é um momento importante, pois é a etapa crucial para que o interessado em abrir uma franquia conheça como funciona de fato esse sistema, para que tenha os elementos que permitam discernir se o seu perfil e os seus objetivos estão efetivamente alinhados com o mercado de franquias.

O empreendedor que deseja atuar com esse negócio deve ser comprometido e ter características como espírito de liderança e bom gerenciamento. Além disso, é necessário ser dedicado e disciplinado, a fim de incorporar adequadamente todos os procedimentos que já virão prontos e padronizados pela franqueadora.

Tenha conhecimento do mercado

Após conhecer o sistema de franquias, é importante partir para uma pesquisa sobre o mercado. Mesmo que o empresário já tenha uma vasta experiência em negócios, ele precisa estudar e compreender como funcionar o mercado do franchising.

Para colocar o exercício em prática, o empreendedor deve estudar o mercado de franquias, seus resultados e o seu impacto na economia.

Uma dica interessante é buscar conhecimento e informações por meio de cursos específicos voltados para o franchising, palestras e até mesmo por conversas com pessoas que já atuem no ramo, sejam elas franqueadas, franqueadoras ou até mesmo prestadores de serviços que atendem esse tipo de empresa. 

Outra dica interessante é buscar o auxílio de uma consultoria empresarial. Essas empresas costumam ter experiência e preparo técnico para auxiliar no discernimento e na decisão de assinar um contrato de franquia.

Esteja por dentro da legislação

O passo seguinte diz respeito a legislação aplicável ao sistema de franquias — um dos aspectos mais importantes no processo de desenvolver um discernimento sobre o sistema.

É necessário que o empresário conheça a legislação que rege as franquias no Brasil, a Lei n° 8.955/94. Nela, além de orientações básicas, você vai encontrar informações sobre o Contrato, o Pré-contrato e a Circular de Oferta de Franquia (COF).

Conhecer a legislação e toda a documentação que vai embasar o contrato pode ser difícil para alguns empresários, principalmente os inexperientes. Nesses casos, é válido buscar o auxílio de uma assessoria especializada, que vai ajudá-lo a analisar adequadamente a franquia, a situação da empresa franqueadora e as particularidades das cláusulas contratuais.

Elabore um plano de negócios

Nessa etapa, você vai realizar um estudo aprofundado sobre o mercado e a sua situação atual. Por meio desse estudo, você vai ter informações e elementos que vão permitir compreender se o sistema de franquias é uma solução válida para você.

O plano de negócios deve ser feito tanto para quem quer se tornar um franqueado quanto para quem deseja utilizar o sistema de franquias para expansão da sua marca.

Nele, é definido o modelo da franquia e todos os padrões que serão adotados, além de avaliar os investimentos necessários para a implantação do projeto e para o capital de giro. 

Outra informação relevante que vai surgir são os resultados projetados para a operação, ou seja, o lucro e a rentabilidade do seu investimento na abertura da franquia.

Todos os dados oriundos do plano de negócios são fundamentais para a definição da rota que vai ser traçada, das estratégias de gestão e da abertura de futuras unidades, para os casos de quem deseja abrir uma franqueadora.

Então, será avaliado qual é o investimento necessário para o franqueador se ajustar ao modelo, definir sua estrutura, localização, e prazo para retorno do investimento, entre outras informações importantes, para dar início ao seu novo negócio.

Avalie os riscos

A avaliação de riscos é uma etapa necessária, uma vez que ela vai ditar possíveis ameaças atreladas à franquia escolhida e à situação atual do mercado e da economia.

Mesmo que o risco de investir em franquias seja muito baixo, também existem perigos atrelados a isso — é preciso estar atento para se preparar caso ocorra um possível imprevisto.

Dessa forma, a avaliação de riscos parte da análise das cláusulas do contrato, seguindo para um estudo financeiro profundo e de suas possibilidades de manter o negócio — caso ocorra algum imprevisto.

Lembre-se sempre de avaliar os riscos, tendo em vista que essas informações são necessárias para garantir a saúde financeira do seu empreendimento.

Busque o auxílio de uma assessoria

Como já mencionamos nos passos anteriores, o auxílio de uma assessoria especializada é imprescindível para a abertura de uma franquia. Além disso, você vai ter mais segurança na elaboração do plano de negócio, na análise de riscos e no estudo da legislação aplicável e das cláusulas do contrato.

Por meio da contribuição de profissionais que conhecem a legislação, os documentos e o mercado, fica mais fácil garantir o sucesso e trazer segurança para a sua empreitada no ramo das franquias.

Seja você é um franqueado ou futuro franqueador, o planejamento é necessário e imprescindível para trazer sucesso e bons resultados à sua nova experiência em franchising.

Agora que você já sabe como abrir uma franquia, que tal se aprofundar no assunto? Confira este artigo especial sobre como expandir uma empresa por meio do sistema de franquias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *