Como medir a maturidade da empresa para expandi-la? - Saffi

Muitas vezes o empreendedor quer fortalecer e expandir o seu negócio, mas ainda não sabe se o nível de maturidade da empresa é suficiente para dar esse passo tão importante. Normalmente, essa maturidade está atrelada ao conhecimento adquirido ao longo do tempo que a organização está operando no mercado.

No entanto, só o conhecimento não basta. É preciso avaliar como a empresa consegue dominar essas informações e transformar seus aprendizados em resultados efetivos. Portanto, podemos afirmar que a maturidade da empresa está ligada aos seus processos centrais e como eles são planejados, executados, controlados e gerenciados.

Abaixo, conheça algumas dicas importantes de como medir a maturidade da sua empresa, para poder expandi-la e até abrir um sistema de franquias.

Transformar conhecimento em resultado

Antes de planejar a futura expansão da sua empresa, você deve analisar as ações passadas, pois elas são um reflexo da situação atual do seu negócio.

É preciso saber:

Com base nessas informações, o empreendedor pode avaliar o que deve ser alterado, incluído ou tirado do planejamento estratégico. O exercício aqui é refletir o que deu certo e o que deu errado, para fortalecer as ações corretas e corrigir os enganos.

Para deixar a análise da empresa mais completa, você precisa saber qual o potencial de competitividade do seu negócio no mercado. Dessa forma, é possível planejar cuidadosamente o que deve ser feito para ganhar destaque no setor.

Realizar um bom planejamento

Qualquer negócio precisa ter objetivos, estratégias e metas de curto, médio e longo prazos, além de habilidade para definir os indicadores de desempenho que nortearão a obtenção dos resultados esperados para a instituição. Esse é o papel do planejamento estratégico.

Para elaborar um bom planejamento empresarial, seu criador ou o time responsável pela tarefa precisam analisar fatores dentro e fora do negócio, com a finalidade de ter uma percepção realista do cenário em que a empresa está inserida.

Buscar informações e entender sobre a legislação e tributação do seu mercado também é um item que não pode ficar de fora na preparação do planejamento da empresa.

Com isso, a equipe ou o autor do plano compreenderá melhor o contexto em que a organização se encontra, algo primordial para traçar metas realistas e adequadas à realidade do negócio.

Mudar (para melhor) a execução de tarefas

Para saber se a empresa está realmente madura e pronta para o processo de expansão, é preciso ter um olhar prático. Um bom exemplo é analisar quais são os procedimentos para gestão de contas a pagar do seu negócio.

Avalie se eles ainda são os mesmos de alguns anos atrás. Se a resposta for positiva, pode ser um sinal amarelo para você prestar atenção à necessidade de mudanças. Afinal, vivemos em tempos de constantes transformações em todas as esferas, inclusive na gestão empresarial.

Mas claro que isso não vale apenas para os processos de pagamentos. É importante que você analise todas as normas e procedimentos de cada departamento, sempre tendo em mente a atenção às mudanças que acontecem ao longo do tempo.

Por isso, busque considerar os novos cenários, os erros e os fracassos para melhorar suas práticas de gerenciamento e planejamento. Pode ter certeza que existem modificações a serem feitas em seus processos que trarão grandes benefícios para sua empresa.

Traçar boas estratégias para gestão de Recursos Humanos

Um negócio precisa de funcionários motivados para prosperar, afinal ele não pode funcionar sozinho. Para progredir, uma empresa precisa de funcionários motivados e comprometidos com seu sucesso.

Não importa se você tem um, cem ou mais de mil colaboradores. Se eles não forem bem informados sobre as metas e objetivos da empresa, seu planejamento não atingirá os resultados esperados.

Além disso, vivemos em um país com altos custos trabalhistas, o que acaba onerando as operações de tanto de micro quanto de grandes empresas. Portanto, o setor de Recursos Humanos deve desenvolver estratégias para otimizar os recursos investidos.

Isso pode ser feito por meio da oferta de cursos de qualificação, incentivo para que os colaboradores participem mais das decisões da empresa e da elaboração de um plano de carreira claro e justo.

Ter atenção à gestão das finanças

Sem recursos, uma empresa simplesmente não tem condições de manter suas operações. Por esse motivo, a gestão financeira precisa de muita atenção e cuidado. O administrador deve ser rigoroso ao elaborar estratégias para diminuir custos e aumentar receitas.

O controle do fluxo de caixa, capital de giro, das métricas de cobrança e taxa de inadimplência são prioridades diárias de um gestor eficiente.

Conhecer a fundo os custos fixos e variáveis, impostos, valores da folha de pagamento e números relativos ao lucro do negócio auxiliarão a empresa a estar sempre no domínio da sua situação financeira.

Contar com auxílio de consultores especializados

Donos de pequenas e médias empresas podem não ter profissionais qualificados em seu quadro de colaboradores para realizar todas essas análises. Por isso, vale a pena considerar a contratação de uma empresa de consultoria especializada.

Essa pode ser uma boa solução, pois o empresário terá uma avaliação bem detalhada para servir como base da elaboração de um planejamento de ações que esteja de acordo com as especificidades do seu negócio e o seu mercado de atuação.

O amadurecimento de uma empresa está diretamente ligado aos resultados positivos que ela conseguiu ao longo do tempo. Todo empreendedor deve ter sempre como objetivo melhorar os processos da sua organização, para que os lucros aumentem, seus colaboradores tenham um lugar melhor para trabalhar e também para atender seus clientes de uma forma mais completa.

Para isso, é importante saber identificar o nível de maturidade em que sua empresa está inserida, avaliando critérios de liderança, estratégia, foco no cliente, nas pessoas, gestão do conhecimento, dos processos e os resultados obtidos.

Para você, empreendedor, que entendeu o conceito de maturidade da empresa e está pensando em crescer, leia este blog post sobre a expansão da empresa com o sistema de franquias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *