Você sabe o que é intraempreendedorismo? Entenda agora mesmo! - Saffi

O mercado de trabalho mudou e continuará mudando significativamente nos próximos anos. Hoje, a inovação e a tecnologia já fazem parte da realidade das empresas e os profissionais que têm diferenciais competitivos se destacam dos demais, agregando valor para as organizações. É neste contexto de mudanças que surgiu o termo intraempreendedorismo.

Mas, afinal, o que isso significa? Como funciona? Quais características devem ser desenvolvidas? Neste artigo você vai descobrir a resposta para essas e outras perguntas, além de aprender como colocar o intraempreendedorismo em prática! Ficou curioso? Então continue a leitura deste post e descubra tudo sobre o assunto!

Inovação e mercado nos tempos atuais

É inquestionável que a inovação faz toda diferença no contexto atual do mercado — isso porque demonstra que para se destacar da concorrência uma empresa precisa ter algum tipo de diferencial que denote competitividade.

Quando falamos em intraempreendedorismo, o prefixo “intra” indica a ideia de colocar algo para dentro, referindo-se, dessa forma, ao empreendedorismo de fora para dentro da empresa.

Ou seja, ao usarmos essa expressão estamos falando de fatores internos do negócio, que independem das influências externas e que, sozinhos, representam os elementos necessário para alcançar determinado objetivo

O que é e como funciona o intraempreendedorismo

Dessa forma, o intraempreendedorismo representa ações que visam a promoção de mudanças dentro do negócio, oportunizando a criação de um ambiente com situações inovadoras.

Trabalhando a motivação da equipe, por exemplo, a empresa garante que os colaboradores tragam novas ideias, implementando-as no sentido de promover mudanças positivas para a empresa.

No entanto, é claro que colocar essa estratégia em prática exige uma série de ações tanto por parte do time de gestores quanto por parte dos colaboradores, sendo que estes devem obrigatoriamente ter habilidades e comportamentos específicos para que consigam efetivamente trazer a inovação para dentro do seu trabalho.

Assim, é possível concluir que o intraempreededorismo é uma prática que visa promover mudanças dentro da empresa por meio da criação de situações inovadoras, originárias de sugestões e ideias trazidas pelos próprios membros da equipe.

Ou seja, na prática não é a empresa que tem uma característica intraempreendedora, mas sim seus colaboradores, que devem reunir alguns atributos chave. Confira a seguir quais são e como identificá-los nos seus colaboradores:

Como você pôde ver, o intraempreendedorismo está diretamente relacionado às pessoas que fazem parte do time e é natural que sejam peças fundamentais para a movimentação, o crescimento e a inovação dentro de uma empresa.

Os colaboradores que buscam aproveitar oportunidades e não ficam acomodados vivendo “um dia após o outro” são aqueles que contam com o perfil necessário para qualquer empresa que deseja crescer e desenvolver uma mudança no mercado, vencendo a corrida travada diariamente com a sua concorrência.

Vantagens do intraempreendedorismo

Sem dúvida, são inúmeras as vantagens trazidas pelo intraempreendedorismo. Entre elas, podemos destacar:

Essas são apenas algumas das vantagens alcançadas ao investir no intraempreendedorismo no seu negócio. É claro que, além destes, há diversos outros benefícios (diretos e indiretos) para a empresa.

A melhor forma de avaliar de que maneira a sua empresa pode se beneficiar é elaborando um planejamento interno e colocando o método em prática.

Como inovar na sua empresa

Mas você deve estar se perguntando: “afinal, como eu posso inovar na minha empresa?”. E a resposta é mais simples do que você imagina: a aplicação do intraempreendedorismo deve ser feita por meio da gestão de competência dos seus colaboradores.

Com isso, você vai ter elementos que vão permitir conhecer melhor sua equipe e identificar como os membros podem se engajar e ajudar no desenvolvimento do negócio.

A gestão de competências é um sistema da área de gestão de recursos humanos por meio do qual é possível orientar as ações dos colaboradores com o objetivo de construir uma organização mais eficaz, que atinja suas metas e objetivos.

Sem dúvida é um tema muito relevante, pois é vastamente aplicado por empresas que buscam excelência em seus mercados — e os que deixam de investir nesse método abrem mão da competitividade, correndo o risco de perder espaço no mercado.

Por isso, a melhor forma de inovar, colocando em prática o intraempreendedorismo, é estimulando e investindo no desenvolvimento de algumas características específicas nos colaboradores: perseverança, confiança, coragem, iniciativa, otimismo, resiliência e pró atividade são algumas.

Nesse contexto, todos saem ganhando — desde o colaborador, que é melhor preparado, até o empreendedor, que vai diminuir o risco de perdas financeiras. Além disso, uma equipe desenvolvida e pronta para enfrentar a realidade do mercado é uma necessidade básica nos dias de hoje, em que a inovação faz toda diferença.

Assim, o intraempreendedorismo é uma oportunidade que não deve ser negligenciada pela sua empresa. Com um bom planejamento e iniciativa é possível alavancar excelentes resultados para o seu negócio e vislumbrar uma nova forma de trabalho que vai trazer benefícios para a empresa como um todo.

Agora que você já sabe o que é o intraempreendedorismo e como ele é importante para o seu negócio, que tal compartilhar este post nas redes sociais e ajudar outros profissionais a conhecerem melhor o tema e também aplicá-lo em suas estratégias de negócio?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *